Você já parou para pensar no que você faz pela manhã?

Veja algumas dicas que podem ajudar o seu dia

Marcel Savegnago

Você aproveita bem as suas manhãs? Pode não parecer, mas essa fase do dia pode ser perfeita para resolver problemas e planejar o futuro. Para começar, a probabilidade de ser interrompido é menor. Além disso, depois de uma boa noite de sono, sua energia está no nível máximo.

É uma boa hora para cuidar de prioridades como fazer exercícios ou pensar em estratégias. Em vez disso, muita gente joga fora essas horas preciosas, desperdiçando o tempo com atividades dispersas e caóticas. A colunista da Fast Company, Laura Vanderkam, autora do livro What the Most Successful People Do Before Breakfast (Portfolio Penguin), enumerou cinco passos para uma manhã reconfortante e produtiva.


1. Rastreie o seu tempo.

Antes de organizar suas manhãs, é necessário saber como está gastando o tempo. Sabe aquela ideia de colocar no papel tudo que está comendo, para poder fazer uma dieta? Com o tempo, não é diferente. Escreva tudo o que faz durante o dia. Não se restrinja às manhãs – muitas vezes, os problemas matinais são causados pelo que você faz em outros períodos, como ir para cama tarde demais.


2. Imagine a manhã perfeita.

O que seria a manhã ideal para você? Para algumas pessoas, começaria com uma corrida, seguida por um café da manhã substancioso. Depois que a família fosse embora, elas se concentrarim em projetos importantes, aproveitando o silêncio familiar. A seguir, agumas ideias para aproveitar bem a manhã.

  • Treine com um objetivo: pode ser uma maratona, um triatlo, um longo passeio de bicicleta etc.

  • Visualize o futuro: use a calma reinante para imaginar o que imagina para sua carreira e para sua empresa

  • Leia artigos em revistas de negócios: beneficie-se da pesquisa e do pensamento de outras pessoas para saber mais sobre sua área de atuação

  • Faça um curso online: se você quer se aperfeiçoar em uma determinada área, um curso virtual pode ser um bom começo.


3. Organize a logística.

Agora que você sabe como gostaria de gastar suas manhãs, faça acontecer. Não é o caso de acordar duas horas mais cedo para encaixar tudo. Se você estabelecer prioridades, verá que é possível seguir o seu plano sem gastar nem um minuto a mais, apenas descartando o que é supérfluo. Talvez seja necessários mudar velhos hábitos, como ficar vendo TV até a madrugada, por exemplo. Mas a energia que sentirá pela manhã compensará qualquer sensação de perda.


4. Construa o hábito.

Esse é o passo mais importante. Talvez seja necessário fazer a mudança aos poucos. Comece indo dormir um pouco mais cedo. Se planejou várias atividades pela manhã, introduza uma de cada vez: primeiro comece a correr, depois faça um diário, e em um terceiro momento passe a escrever suas estratégias para o futuro. Vale um suborno básico: a cada objetivo alcançado, dê a si mesmo um pequeno presente, como ingressos para um show, por exemplo. Depois de algum tempo, a sensação de bem-estar será toda a recompensa de que você vai precisar.


5. Faça ajustes.

Mudanças acontecem, na família, no trabalho, nas atividades do dia a dia. Adapte-se, reconstrua, reconsidere. O importante é você continuar criando um ritual matinal que seja energizante e faça você sentir que cada dia está cheio de novas possibilidades.

 Fonte: Papo de empreendedor